Faça coleção de moedas antigas brasileiras

Já experimentou ir a uma feira de antiguidades? Passear pelos antiquários? Não? Então não perca a próxima oportunidade. É um mundo imenso com que nos podemos deparar e surpreender-nos.
Para além do óbvio prazer estético que muitas das peças antigas nos proporcionam, experimente deixar-se levar pela imaginação. Por exemplo pegue num dobrão de ouro de 20.000 reais, a antiga moeda brasileira cunhada no apogeu do período do ouro e que pesava 53,78g, uma das de maior peso que circularam no mundo, presentemente. Já pensou como terá sido a vida dos que trabalharam na extração do ouro? E a daqueles poucos que podiam possuir tal moeda?
Ou por exemplo observe as diferentes moedas de ouro cunhadas ao longo do reinado de D. Maria I e acompanhe as diferentes fases da sua vida.
O gosto pelas antiguidades, pelo colecionismo, como por exemplo a numismática é algo que, de uma forma interessante, nos permite adquirir vastos conhecimentos.

Já reparou no que pode descobrir ao debruçar-se sobre uma moeda? As moedas estão associadas a uma história, de um país, de um monarca, de um estadista, de uma determinada conjuntura económica e social. As moedas ensinam-nos também acerca do estádio tecnológico da época em que são feitas, o metal utilizado, os processos de fabrico, as técnicas utilizadas para evitar a sua contrafação. Para além de maravilhar os seus amigos com uma bela coleção, bem apresentada, pode também impressioná-los com a sua erudição.

Mas para além disso é também algo que exercita a capacidade de concentração, paciência, pesquisa, investigação, organização. Não é por acaso que, por vezes é uma atividade recomendada para se aprender a lidar com problemas de comportamento, agressividade, impulsividade, dificuldade de concentração.
O gosto pelas antiguidades, pelo colecionismo é algo que pode vir a ser bastante lucrativo. Um dos maiores prazeres dos colecionadores é depararem com objetos considerados simples velharias que afinal são valiosas antiguidades e peças de coleção.

Uma coleção iniciada modestamente, que se vai desenvolvendo pouco a pouco, no final pode revelar-se como um bem muito valioso.
Ou pode até vir a transformar-se em algo bastante excitante. As peças antigas e de coleção podem atingir valores incalculáveis. Quem nunca ouviu falar de roubos a museus, bibliotecas, exposições, antiquários e casas particulares. Até pode um dia vir a tropeçar numa situação suspeita, envolver-se em arriscadas e perigosas aventuras e acabar a ser aplaudido por ter conseguido desmascarar um perigoso bando.

Oops! Não olhe mas… não estou a gostar da maneira como aquele sujeito olha para nós… parece-me que estamos a ser seguidos… Ver video

Autor: Isabel Rebelo